Segunda-feira, 28 de Junho de 2004

tarantino 101: vol.2

cá estão, conforme o prometido (e só um bocadinho atrasadas), as últimas dez lições no nosso curso de iniciação a todos os que queiram ser o quentin tarantino. a sua justificação, e a explicação para as suas limitações, estão descritas na introdução que dediquei ao primeiro volume. para impressionar amigos, colegas de trabalho e namoradas/os potenciais. e para roubar à descrição e sem vergonha. porque, como disse t.s. eliot, "os poetas fortes roubam, os fracos imitam."

lady snowblood, de toshiya fujita (1973)
o template original sobre o qual o primeiro volume de kill bill foi construído. mas com uma protagonista mais bonita, que luta melhor e ainda por cima sabe cantar.

executioners from shaolin, de chia-liang liu (1977)
com todo o respeito que me merece o gordon liu, pai mei nunca foi tão bom (ou tão mau) como nas mãos de lo lieh. e quem disse que não havia espaço para desenvolver personagens num filme de kung fu?

charley varrick, de don siegel (1973)
quem é que dizia que o walter matthau conseguia tornar seu um duro escrito para clint eastwood? charley é mais dirty do que harry, mata bons e maus sem problemas de consciência e ainda arranja tempo para dormir com a mulher de jack lemmon.

caged heat, de jonathan demme (1974)
mulheres na prisão, pela mão do respeitável sr. demme em principio de carreira, e o meu favorito entre os que não incluem a pam grier. de qualquer maneira, barbara steele e erica gavin no mesmo filme é a matéria de que são feitos os sonhos do zombie.

à bout de souffle, de jean-luc godard (1960)
godard foi o tarantino dos anos 60. parece que o quentin gosta mais do remake do jim mcbride, mas também ninguém é perfeito.

il buono, il brutto, il cattivo, de sergio leone (1966)
o melhor western. de sempre.

le doulos, de jean-pierre melville (1963)
filme de gangsters existencial pelo realizador que provou que os franceses podiam fazer bem mais do que apenas inventar a designação film noir. pode-se argumentar que melville foi um dos inventores da nouvelle vague mas não lhe vamos levar isso a mal.

hard boiled, de john woo (1992)
john woo e chow yun-fat, reunidos no melhor filme de acção de sempre, depois de em conjunto terem feito the killer que, como toda a gente sabe, também é o melhor filme de acção de sempre.

shogun assassin, de kenji misumi (1980)
filho bastardo, para distribuição internacional, dos dois primeiros capítulos da saga lone wolf and cub, com melhores razões para estar nesta lista do que uma simples piada no final do kill bill: vol.2.

viva chiba! the bodyguard, de tatsuichi takamori (1973)
...and i will execute great vengeance upon them with furious anger, who poison and destroy my brothers; and they shall know that i am chiba the bodyguard when i shall lay my vengeance upon them. alguém tem perguntas?

jorge

publicado por jorge às 18:57
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 3 de Julho de 2004 às 02:09
vi hoje o lady snowblood pela primeira vez e, apesar de saber de antemão que o filme tinha servido de "inspiração" para o kill bill, devo confessar que fiquei supreendido pela quantidade de semelhanças, tanto a nível da história como a nível "narrativo" (capítulos; a introdução dos personagens). até a música foi usada no kill bill. quase que senti que já o tinha visto anteriormente. depois disto questiono-me se já terei visto o city on fire sem saber...rodolfo
(http://pipboy2002.mine.nu/~.swf/FIGHT.SWF)
(mailto:danger@diabol.ik)


De Anónimo a 29 de Junho de 2004 às 14:55
Pois é, achei as lutas de Kill Bill horríveis...Santiago Nazarian
(http://www.santiagonazarian.blogspot.com)
(mailto:saintdragon@uol.com.br)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


.posts recentes

. o zombie faz hoje anos

. onde raio se meteu o zomb...

. o zombie não é surdo

. prémios lumière

. o zombie já viu: finding ...

. what about you, boy? you ...

. críticas de bolso: teenag...

. larry buchanan 1923-2004

. uma noite com ilsa

. críticas de bolso: night ...

.arquivos

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds